Moisés atribui boa fase defensiva do Bahia a trabalho e cobrança do técnico Roger

A defesa do Bahia tem desempenhado um bom papel. Desde o retorno da pausa para a Copa América, o Esquadrão de Aço só sofreu três gols em seis jogos entre o Brasileirão e a Copa do Brasil. Uma das forças da marcação tricolor, o lateral-esquerdo Moisés citou o trabalho da equipe e a cobrança do técnico Roger Machado.

 

“Mesmo com os resultados adversos, nosso time era difícil tomar gol. Nossa linha de trás vem trabalhando muito forte. Roger cobra muito. Antes de tudo, tem que elogiar o ataque, porque a marcação começa de cima. Quando você toma pressão e os jogadores da frente cumprem função, ajuda bastante, já chega mastigado. Individualmente, tenho um físico forte, marcação boa, mas não priorizo só a marcação. É continuar trabalhando bem e dando opção ao ataque”, declarou.

 

Sobre a temporada, o jogador destacou o calendário cheio que o time vem vivendo e os objetivos de ir longe na disputa do Campeonato Brasileiro.

 

“A gente vem de bastante jogos, calendário cheio… Está sendo um ano abençoado. Tenho muitos objetivos. Ano passado, fiz 40 jogos. Estou chegando perto de atingir os 40 que fiz ano passado. Continuar trabalhando forte, porque temos muitos jogos essa temporada”, indicou.

 

No próximo domingo (11), o desafio será contra o Palmeiras, em São Paulo. Ainda sem conquistar um triunfo longe de Salvador, Moisés destacou a importância de somar pontos.

 

“O triunfo contra o Flamengo foi muito importante, traz confiança para trabalhar no dia a dia. Vínhamos de resultados adversos. Jogo contra o Palmeiras será importante, sabemos da qualidade, como é difícil jogar na casa deles. A gente precisa somar pontos fora. Temos uma estratégia para esse jogo, uma ideia. Chegar lá e fazer um bom jogo”, projetou.

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Ulisses Gama / Bahia Notícias