Messi pagou 12 milhões de euros em impostos atrasados à Espanha, diz revista

O atacante Lionel Messi pagou 12 milhões de euros de impostos atrasados à Receita da Espanha em 2016, afirmou nesta sexta-feira a revista alemã Der Spiegel, utilizando como base informações da plataforma Football Leaks.

Uma revisão fiscal das contas do Barcelona, segundo a revista, colocou pressão sobre Messi justamente quando o argentino respondia na Justiça as acusações de evasão praticadas entre 2007 e 2009.

A Receita da Espanha, de acordo com a revista, considerou que uma série de pagamentos do Barcelona ao pai de Messi como honorários e à fundação do jogador deveriam ser considerados como parte dos salários recebidos pelo craque argentino.

No meio do andamento do processo – Messi acabou condenado -, os resultados da revisão geraram intranquilidade no Barcelona, que decidiu contratar uma consultoria externa para avaliar riscos.

Os consultores, de acordo com a Der Spiegel, chegaram à conclusão que a melhor solução para evitar um segundo processo era o pagamento da dívida fiscal, determinação cumprida por Messi.

No entanto, os documentos obtidos pelo Football Leaks mostram que o pagamento não foi feito com dinheiro de Messi, mas sim do Barcelona.

  • Por EFE