Manchester City recebe punição da UEFA por inflar falsamente patrocínios

Manchester City recebe punição da UEFA por inflar falsamente patrocínios

Foto: Phil Noble/Reuters

A UEFA (União das Associações Europeias de Futebol) divulgou punição ao Manchester City, da Inglaterra, após o clube burlar o Fair Play Financeiro, um conjunto de medidas que regulam gastos e arrecadações. O City ficará duas temporadas sem participar da Liga dos Campeões e terá de pagar multa de 30 milhões de libras (aproximadamente R$168 milhões) pelo descumprimento das regras.

 

De acordo com o órgão financeiro da UEFA, o clube inglês expandiu falsamente suas receitas com patrocínios. A investigação foi provocada a partir de publicação do veículo Der Spiegel, da Alemanha, que divulgou em 2018 informações sobre o Manchester City inflar acordos de patrocínio.

 

E-mails e documentos vazados mostram que o principal contributo financeiro recebido pelo time não vinha somente da companhia aérea Etihad Airways, mas também diretamente do próprio Sheik Mansour bin Zayed, proprietário do clube inglês.

 

“O Manchester City está desapontado, mas não surpreso, pelo anúncio feito hoje pela Câmara Adjudicatória da UEFA”, declarou o City em seu site oficial nesta sexta-feira (14).

Em 2014, o clube já havia recebido punição por desrespeito às normas. Atualmente, o City está na disputa da Liga dos Campeões, e joga contra o Real Madrid dia 26 de fevereiro.

Fonte: Bahia Notícias