Incomodado com erros, Guto Ferreira pede o VAR na Série B

Após um mês de intertemporada, o Sport voltou aos gramados e na noite da última sexta-feira empatou por 2 a 2 com o São Bento, na abertura da 9ª rodada da Série B. Apesar do ponto fora de casa, o técnico Guto Ferreira demonstrou muita irritação com a arbitragem.

Na visão do comandante, o juiz Antônio Dib de Moraes falhou grosseiramente ao não dar pênalti em cima de Ezequiel no começo do jogo e agravou a sua atuação ao apontar para a marca da cal no lance que decretou o primeiro gol do time paulista.

‘Impossível ficar sem VAR. Em caso de VAR, teríamos a opção direta de ter 3 a 2 no placar. Não foi só nessa partida. Contra o Operário-PR o nosso goleiro sofreu uma agressão frontal no peito, na sobra o adversário se jogou e o juiz deu pênalti. E contra o Bragantino tivemos um lance de pênalti que o juiz não marcou’, esbravejou.

Com 16 pontos na classificação, o Leão está na quarta posição da Série B. O time de Guto Ferreira volta a campo na próxima segunda-feira, quando visita o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Fonte:Bnews