Fifa orienta seleções a aumentarem plantéis de atletas para as Eliminatórias

A Fifa encaminhou um documento para as Confederações nacionais dos países sul-americanos que vão participar das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 recomendando que os plantéis de atletas convocados sejam ampliados.

A orientação recebida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e pelas demais Confederações dos países que vão disputar a competição, é para garantir um maior número de jogadores saudáveis aptos para jogar por suas seleções.

Devido o cenário de pandemia na América do Sul, a entidade máxima do futebol vai permitir que mais atletas estejam à disposição dos times para proporcionar tanto uma maior segurança sanitária da competição, quanto evitar imprevistos com desfalques de atletas contaminados durante os jogos que serão disputados.

No documento, a Fifa não estipulou exatamente quantos jogadores podem fazer parte do elenco completo das seleções, mas orientou que as equipes convoquem um número suficiente de jogadores para que as equipes possam estar completas nos jogos frente às restrições de saúde por causa da Covid-19.

Outro alerta feito pela entidade é que, caso a cidade de um país em situação crítica esteja programado para receber um jogo mas não possa garantir a segurança necessária para partida, a Confederação responsável pela seleção mandante deve escolher outro país, dentre aqueles que estão participando da competição, para fazer a realização do jogo.

Na próxima segunda-feira (5) a seleção brasileira se apresenta na Granja Comary, em Teresópolis (RJ) para iniciar os treinos com foco nas Eliminatórias. O Brasil estreia dia 9 em jogo contra o Equador na Neo Química Arena. Na partida seguinte, a seleção viaja para o Peru às vésperas do jogo e nao vai fazer reconhecimento de campo por segurança sanitária (leia mais).

Foto: Divulgação/Fifa