Fifa anuncia auxílio de R$ 7,7 bilhões para confederações com subsídios e empréstimos

A Fifa anunciou nesta quarta-feira (29) mais a disponibilização de mais uma etapa de benefícios financeiro destinados a ajudar as confederações associadas durante a pandemia. Com subsídios e empréstimos, o auxílio soma US$ 1,5 bilhão, cerca de R$ 7,7 bilhões.

O valor total que será está viabilizando vai atender os 211 membros ligados à Fifa com o objetivo de aliviar o impacto financeiro causado pela paralisação do futebol.

O plano foi elaborado pela administração da entidade e aprovado pelo conselho da mesma em junho deste ano. Segundo a entidade, os valores serão ofertados e distribuídos até janeiro de 2021.

“Este plano de assistência é um ótimo exemplo de solidariedade e comprometimento do futebol em tempos tão inéditos”, declarou o presidente da Fifa, Gianni Infantino. 

Os dois principais benefícios desta etapa são subsídios e empréstimos. No caso do primeiro, US$ 1 milhão serão doados a todas as confederações com adicional de US$ 500.000 que deve ser alocado especificamente para o futebol feminino. 

A possibilidade dos empréstimos não irão cobrar juros para os associados e o valor máximo é de 35% de suas receitas anuais. Com isso, a concessão mínima é de US$ 500.000 e no máximo US$ 5 milhões. 

Em abril a Fifa lançou a primeira etapa do benefício, destinando quantias para auxiliar as confederações nas despesas consequentes das paralisações das competições.

por Milena Lopes

Foto: Reprodução/Fifa