Chile tem armas para bater Brasil no fim das eliminatórias da Copa, diz Bravo

 A seleção de futebol do Chile recuperou sua essência para a última partida das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo e possui armas para conseguir um resultado favorável quando visitar o Brasil na próxima semana, no fim da disputa para o mundial da Rússia, em 2018, disse neste sábado o goleiro e capitão da “La Roja”, Claudio Bravo.

O Chile, que vinha pressionado após perder suas duas partidas anteriores, venceu na quinta-feira o Equador em um dramático confronto e voltou à zona de acesso direto à Copa, mesmo que tenha que se esforçar na terça-feira para assegurar, em São Paulo, uma passagem à competição.

“Recuperamos parte de nossa essência na última partida e isso nos encoraja”, disse Bravo em entrevista coletiva após treino da equipe em Santiago.

“Temos jogadores e seleção para fazer dano ao Brasil”, acrescentou ele, que é goleiro do Manchester City, da Inglaterra.

A “La Roja” soma 26 pontos e ocupa o terceiro lugar da tabela, mas quatro equipes têm possibilidade de ultrapassá-la na data final e somente uma vitória sobre o time de Neymar pode assegurar uma ida direta à Copa.

Os quatro primeiros da Conmebol vão à Rússia, enquanto o quinto joga uma repescagem contra a Nova Zelândia, vencedora na Oceania.

Reportagem de Felipe Iturrieta

SANTIAGO (Reuters) –