Após greve e W.O., Figueirense empata com CRB no Orlando Scarpelli

Depois de uma semana de greve, com direito a W.O. na rodada anterior, diante do Cuiabá, o Figueirense voltou a jogar neste sábado. Com apoio da torcida em casa, no Orlando Scarpelli, o time catarinense ficou duas vezes à frente no placar, mas cedeu o empate a um bravo time do CRB: 2 a 2. Willian Popp e Fellipe Mateus fizeram os gols do Figueirense, e Ferrugem e Léo Ceará marcaram para o CRB. Com o resultado, o Figueirense, que não vence desde 13 de julho (com quatro derrotas e cinco empates desde então), fica a apenas dois pontos da zona do rebaixamento, enquanto o CRB, em sexto, está a três do G-4.

A torcida do Figueirense demonstrou total apoio aos jogadores após o W.O. contra o Cuiabá. Na chegada ao estádio, os torcedores cercaram o ônibus com a delegação numa recepção de arrepiar, com cantos e fogos. Com a bola rolando, incentivo durante os 90 minutos. Claro que também teve protesto contra a diretoria da Elephant (gestora do futebol), mas apenas com faixas. Afinal, ficou claro que a instituição está acima de qualquer assunto extracampo e ainda mais nítido que a torcida está ao lado do elenco. Perto do fim do jogo, a principal organizada do clube se posicionou ao lado do setor A do estádio e cantou contra o Conselho Deliberativo e de Administração do Figueira e contrário à continuidade da Elephant.

Willian Popp abriu o placar para o Figueirense aos 28 minutos, completando de cabeça o cruzamento de Victor Guilherme. Ferrugem empatou ainda no primeiro tempo, aos 41, com um golaço de fora da área, encobrindo o goleiro Elisson, que estava adiantado. Fellipe Mateus fez o segundo gol do Figueirense, aos 6 da etapa final, aproveitando rebote do goleiro Vinicius Silvestre. Léo Ceará tornou a empatar para o CRB, aos 16.

Fonte: Globo Esporte