Advogados de Lula questionam velocidade da tramitação do processo no TRF-4

A defesa do ex-presidente Lula entrou com um pedido, através da Lei de Acesso à Informação, em que questiona a ordem cronológica dos recursos no TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, nesta terça-feira (5). De acordo com a Folha de S. Paulo, o objetivo dos advogados é demonstrar que o tribunal tem agido com velocidade excepcional no caso da apelação do petista, tentando deixá-lo de fora da disputa presidencial de 2018. Ainda segundo a Folha, da chegada do processo ao TRF-4 até o voto do relator se passaram 100 dias. Em média, as ações da Lava Jato levaram 210 dias na mesma fase.

Fonte:bn